Saiba como melhorar o seu humor corrigindo sua postura

Por que ao se sentir mais alto seu cérebro faz você se sentir mais confiante e por que seu vício pelo smartphone pode estar lhe deixando deprimido?

Postura Depressiva

Quando você se sentir triste ou deprimido, preste atenção à sua postura. Quando passamos por momento de depressão e tristeza normalmente ficamos com o pescoço caído, ombros voltados para a frente, e a cabeça voltada para o chão, olhando para baixo. Observe.

Você está se postando assim porque está triste, mas por outro lado, também é verdade que você está triste porque sua postura está desse jeito.

Entendo o Problema

Embodied cognition (cognição incorporada), é a noção de que a relação entre seu corpo e sua mente é uma via de mão dupla, o que significa que sua mente influencia a maneira que seu corpo reage, mas a condição do seu corpo também aciona sua mente, influenciando seu humor para o bem ou para o mal.

Existe uma estratégia simples que pode ser usada para reduzir a ansiedade, melhorar sua capacidade de lidar com o estresse e aumentar sua confiança, e funciona imediatamente e levando apenas dois minutos para fazer.

Mudando a Atitude

Essa técnica ficou conhecida como “power poses” e consiste em assumir “posturas confiantes”. Mas veja que não estamos falando somente sobre demonstrar confiança aos outros à sua volta; é sobre como realmente mudar seus níveis hormonais: com esse tipo de atitude postural você aumenta os níveis de testosterona, e diminui os níveis de cortisol, ou hormônio do estresse, no cérebro.

“O cérebro tem uma área que reflete diretamente na sua confiança, mas não importa exatamente como ela é acionada,” diz Richard Petty, professor de psicologia na Universidade de Ohio. “Pode ser difícil distinguir confiança real da confiança que vem apenas do fato de se postar ereto. Essas coisas agem nos dois sentidos, da mesma forma que a felicidade o leva à sorrir, sorrir o leva à felicidade.”

No que diz respeito à postura, a maneira como nos sentimos tem uma relação direta com as associações que temos por sermos mais altos. Se você colocar duas pessoas em níveis diferentes de altura, aquela que estiver no nível mais alto terá uma tendência a se sentir mais poderosa. Esses tipos de associações entre altura e poder são feitas automaticamente e são acionadas quando certos movimentos são feitos. A postura do seu corpo diz ao cérebro que você é poderoso, o que em troca, afeta sua atitude.

O que dizem os Estudos e Pesquisas?

Em um estudo de 2009, publicado no Jornal Europeu de Psicologia Social, Petty em conjunto com outros pesquisadores instruíram 71 estudantes da faculdade para: ou “sentar-se ereto”, e “empurrar o peito para fora”, ou “sentar-se inclinado para a frente”, e “olhando para os joelhos”. “Enquanto se mantinham na posição designada, foi requerido aos estudantes que listassem três características positivas ou negativas que eles possuíam que pudessem contribuir de alguma forma para a sua satisfação no emprego futuro e na sua performance profissional. Em seguida foi feito o pedido aos estudantes que respondessem à um questionário onde classificariam a si próprios sobre como se imaginavam como futuros profissionais.

Os pesquisadores afirmam que os estudantes classificaram-se de acordo com a postura que mantiveram enquanto indicaram seus traços positivos e negativos. Aqueles que se postaram de forma ereta acreditavam em seus tratos negativos e positivos aos quais descreveram, enquanto os outros não estavam bem convencidos de suas características. Em outras palavras, quando os estudantes estavam eretos, em uma postura confiante, eles acreditavam nos seus pensamentos, fossem eles negativos ou positivos. Por outro lado, os estudantes que permaneceram em posição não confiante, não acreditavam em nada que haviam escrito, fosse positivo ou negativo.

Entretanto, aqueles que permaneceram em posição ereta tiveram um raciocínio mais rápido dos traços positivos e poderosos sobre si mesmos, enquanto os outros, tiveram reações mais rápidas sobre sentimentos como “desespero, desamparo, fraqueza e negatividade”, de acordo com Erik Peper, professor de psicologia da Universidade d e São Francisco.

Em uma série de experimentos, Peper descobriu que postar-se em posição curvada faz aparecer com mais facilidade os pensamentos e memórias negativas, enquanto postar-se ereto, em posição de poder traz mais facilmente os pensamentos e memórias fortalecedores.

“Emoções e pensamentos afetam nossa postura e níveis de energia; ao passo que o nível de energia e postura afeta nossos pensamentos e emoções,” diz um dos estudantes de Peper de 2012, e dois minutos de pular e caminhar em uma posição relaxada pode fazer muita diferença em nossos níveis energéticos. As A pesquisa constatou que bastam dois minutos para mudar seus hormônios, o que significa que você pode basicamente mudar a química do seu cérebro enquanto espera a sua vez no consultório do dentista, por exemplo.

Uma vez que a postura afeta seu humor e pensamentos dessa maneira, o aumento de postura curvada ao caminhar, e de sentar na frente do computador e olhar para baixo enquanto usa seu smartphone, pode estar causando um aumento em casos de depressão nos últimos anos. Os pesquisadores sugerem que a postura contribui significativamente diminuindo os níveis de energia e depressão. A postura curvada é conhecida também por causar frequentes dores de cabeça, nos ombros e pescoço.

Postura Confiante

Outras pesquisas recentes da Universidade de Harvard, da Universidade de Oregon, da Universidade do Texas e de muitos outros lugares revelam que líderes poderosos e eficazes não apenas compartilham mentalidades semelhantes, mas também níveis similares de hormônios. Mais especificamente, líderes poderosos tendem a ter níveis mais altos de testosterona e níveis mais baixos de cortisol.

Níveis mais altos de testosterona (em homens e mulheres) levam a um aumento do sentimento de confiança. Enquanto isso, níveis mais baixos de cortisol levam à diminuição da ansiedade e melhora a capacidade de lidar com o estresse.

Com tantas pesquisas comprovando a influência que a postura tem em nossa mente, Peper sugere pendurar fotos de pessoas a quem você mais ama em uma parede acima de sua mesa de trabalho, assim você tem de olhar para cima. Ajuste seu espelho retrovisor um pouco acima do normal, assim você precisará sentar-se mais ereto enquanto dirige. Se você precisa de lembretes, Petty aconselha ajustar seu celular ou computador, ou até uma nota em um post-it. Quando você tiver pensamentos negativos, ao contrário de validá-los se curvando e olhando para baixo, Petty diz que você deve escrevê-los em uma folha de papel, e então jogá-lo no lixo.

“Pessoas que jogam os pensamentos negativos no lixo podem ser menos afetadas por eles que tem o mesmo pensamento, mas simbolicamente, colocam no bolso,” afirma ele. “É a ideia de que não é o que pensamos que importa mais; é o quanto nós acreditamos no que pensamos.”

Referências - Fontes de Consulta:

Newsletter

Seja membro de nosso grupo exclusivo. Inscreva-se para receber as últimas atualizações.